Notícias relacionadas

Publicada 31/10/2017

Um em cada quatro jovens vai abandonar os estudos por ano

A cada ano, quase três milhões de jovens abandonam a escola no Brasil. É o que apontou o estudo Políticas Públicas para Redução do Abandono e Evasão Escolar de Jovens, elaborado pelo Ensino Superior em Negócios, Direito e Engenharia (Insper) e divulgado hoje (17).

Ao final deste ano, um em cada quatro jovens entre 15 e 17 anos de idade vão abandonar seus estudos, não vão se matricular para o ano seguinte ou serão reprovados. Isso corresponde a um universo de 2,8 milhões de pessoas (27%), entre os 10 milhões de jovens estimados no país nessa faixa etária e que deveriam, de acordo com a Constituição, estar frequentando a escola.

Desse total de 10 milhões de jovens, cerca de 15% ou 1,5 milhão, sequer vão se matricular para o início do ano letivo. Do restante, entre aqueles que se matriculam, cerca de 7% ou 700 mil jovens vão abandonar a escola antes do final do ano. Além disso, cerca de 600 mil alunos (5%) serão reprovados por faltas, o que completa os 2,8 milhões de jovens que estarão fora da escola a cada ano.

Voltar

Mais notícias

Publicado em 11/10/2018
No segundo turno das eleições, propostas sobre evasão escolar ainda ficam de lado
Apenas a metade dos treze candidatos à presidência no primeiro turno tinha medidas para combater o abandono das escolas pelos alunos; no segundo, o tema... Ver mais
Publicado em 10/10/2018
O preço alto da evasão escolar
Marina Gattás* A educação tem sido um tema recorrente nos debates eleitorais. Fala-se muito sobre investimento em educação, índices de desempenho dos estudantes, acesso ao... Ver mais
Publicado em 27/09/2018
Brasil precisa de 200 anos para ter todos os jovens na escola
Por que os jovens abandonam a escola e não concluem o Ensino Médio? A evasão escolar custa ao país R$ 100 bilhões por ano, além... Ver mais