Notícias relacionadas

Publicada 09/11/2017

Três milhões de jovens, por ano, não frequentam a escola no país

Quando o ano de 2017 acabar, cerca de um quarto dos jovens de 15 a 17 anos – um contingente de 2,8 milhões de pessoas – não terão se matriculado no início do ano, abandonarão seus estudos durante o ano letivo ou simplesmente terão sido excluídos da escola pela reprovação. E a situação é mais alarmante: apenas pouco mais da metade dos jovens de 15 a 17 anos concluirá o Ensino Médio com no máximo um ano de atraso. Há ainda uma estagnação na matrícula daqueles com idade de 15 e 16 anos nos últimos 15 anos no Brasil. Os dados são de um levantamento do Instituto Ayrton Senna, do Insper, da Fundação Bravo e do Instituto Unibanco. Mirela de Carvalho, gerente de Gestão do Conhecimento, aponta as causas para o problema e os desafios da edução.

Voltar

Mais notícias

Publicado em 14/12/2018
Campanha usa meme para levantar debate sobre educação
Mobilização “Meme é Coisa Séria” usa imagens conhecidas para trazer reflexões sobre problemas como a evasão escolar, qualidade do ensino e as dificuldades de envolvimento... Ver mais
Publicado em 11/10/2018
No segundo turno das eleições, propostas sobre evasão escolar ainda ficam de lado
Apenas a metade dos treze candidatos à presidência no primeiro turno tinha medidas para combater o abandono das escolas pelos alunos; no segundo, o tema... Ver mais
Publicado em 10/10/2018
O preço alto da evasão escolar
Marina Gattás* A educação tem sido um tema recorrente nos debates eleitorais. Fala-se muito sobre investimento em educação, índices de desempenho dos estudantes, acesso ao... Ver mais