Notícias relacionadas

Publicada 31/10/2017

Cerca de 3 milhões de jovens devem largar Ensino Médio até o fim do ano

Evasão representa prejuízo de R$ 35 bilhões, de acordo com estudo

SÃO PAULO – Ao menos 2,8 milhões de jovens entre 15 e 17 anos devem terminar o ano sem completar os estudos no Brasil, acarretando um prejuízo de R$ 35 bilhões aos cofres públicos. Dados levantados pelo estudo Políticas Públicas para a Redução do Abandono e da Evasão Escolar de Jovens, lançado na tarde desta segunda-feira em São Paulo, apontam que os números reúnem adolescentes que não efetuaram a matrícula, abandonaram os estudos ou foram reprovados.

Segundo a pesquisa, pouco mais da metade dos estudantes conseguirá concluir o ensino médio com apenas um ano de atraso. Ao explicar detalhes do relatório, Ricardo Paes de Barros, economista-chefe do Instituto Ayrton Senna e professor do Insper, responsável por conduzir a pesquisa, destaca que o prejuízo aos cofres públicos é maior que o valor gasto com o Ensino Médio no país.

– O custo com a evasão é maior que o gasto com o Ensino Médio. É necessário pensar uma redistribuição de gastos do Ensino Superior para o Ensino Médio – explicou nesta segunda em entrevista coletiva concedida na sede da faculdade em São Paulo.

Voltar

Mais notícias

Publicado em 11/10/2018
No segundo turno das eleições, propostas sobre evasão escolar ainda ficam de lado
Apenas a metade dos treze candidatos à presidência no primeiro turno tinha medidas para combater o abandono das escolas pelos alunos; no segundo, o tema... Ver mais
Publicado em 10/10/2018
O preço alto da evasão escolar
Marina Gattás* A educação tem sido um tema recorrente nos debates eleitorais. Fala-se muito sobre investimento em educação, índices de desempenho dos estudantes, acesso ao... Ver mais
Publicado em 27/09/2018
Brasil precisa de 200 anos para ter todos os jovens na escola
Por que os jovens abandonam a escola e não concluem o Ensino Médio? A evasão escolar custa ao país R$ 100 bilhões por ano, além... Ver mais